Crítica | Barbie

por Jenyffer Dias

Barbie é a grande estreia de 2023, desde seu anúncio, gerou muito burburinho na internet e até nas conversas do almoço do dia-a-dia.
E agora, finalmente ele está entre nós!

DADOS TÉCNICOS

Onde assistir: Cinema
Duração: 01h55
Classificação indicativa: 12 Anos.
Gênero: Aventura
Sinopse:

A jovem Barbie (Margot Robbie) vive no mundo perfeito das bonecas, chamado Barbielândia, onde todo dia é incrível. No entanto, quando ela entra em uma crise existencial, acaba sendo exilada devido às suas imperfeições.

Agora a boneca precisa optar por viver uma aventura no mundo real dos humanos, onde aprenderá uma importante lição sobre a vida e o que realmente importa.
Fonte: www.cinema10.com.br

TRAILER

OPINIÃO

A critica de hoje vai ser feita por uma amiga, Bruna Araújo, Jornalista maravilhosa e tão fã da bonequinha que conseguiu assistir o filme na estreia.
Assim que eu conseguir assistir, acrescentarei a minha opinião ao post mas por hoje, fiquem com as palavras dessa jornalista incrível:

Prometeu tudo e entregou tudo! 💕

Finalmente saiu o filme da Barbie (o mais esperado do ano) e eu fui com toda expectativa e medo.

O filme é leve e divertido, extremamente bonito visualmente, te leva em segundos de volta a infância/adolescência (trazendo um clima de nostalgia muito gostosa). No entanto, não é só isso, mas ele é extremamente atual, faz a gente pensar e questionar muita coisa no nosso mundo real.

Ou melhor, traz à tona todos os sentimentos que nós mulheres passamos todo santo dia, são as inseguranças, baixa autoestima, medo de falhar e claro, os julgamentos das próprias mulheres (que surge muito cedo na vida de qualquer uma). Tem horas que dá vontade de abraçar a Barbie, porra, se a Barbie está passando por isso, como nós meras mortais vamos escapar?! Nesse momento você lembra: eu já passo por isso diariamente!

Você sai de um momento mais “cômico” e se pega refletindo. É um filme que te faz rir e pensar (talvez até chorar) quase que na mesma medida!

Ah, só não pense que o filme só traz pautas importantes, de fato ele traz, só que nenhuma crítica muito profunda, aliás, nem cabe isso no filme. 

  • Escolha dos atores100
  • História / Enredo80
  • Personagens secundários100
  • Fotografia100
  • Trilha Sonora100
4/5

ATENÇÃO!!! A PARTIR DAQUI, TEM OPINIÃO COM SPOILERS

Eu acredito que a grande sacada foi colocar o Ken como um acessório, quando ele vem ao mundo real e descobre que ele pode ser o que quiser porque o patriarcado o valoriza, rapidamente vai para Barbilândia para replicar. Mas, tirando a Barbilândia todo resto do mundo vive dessa forma, o que deixa a própria Barbie confusa, porque elas pensam que o fato de ter bonecas de todas as profissões, ajudaram as causas de todas as mulheres do mundo real e mais que isso, elas acreditam fielmente que são heroínas para nós.

E quando ela descobre que não é bem assim, que houve diversos atrasos nas lutas (ela é acusada de contribuir nisso) ela fica abalada e não entende como isso é possível. Na própria visita a Mattel, todos os diretores são homens e ela questiona, não tem uma mulher trabalhando aqui? E nesse momento, a ficha dela cai e dá início ao processo de descoberta dela e dos próprios sentimentos.

Outro ponto fantástico, é a Barbie tendo uma crise, acho fantástico o momento que ela simplesmente se deita e desiste. Quem nunca pensou nisso? É muito gente como a gente.

E aí o melhor vem, America Ferrera (atriz que eu adoro desde Ugly Betty e SuperStore) faz um discurso explicando como é ser mulher, tudo que temos que “ser” de forma “moderada”, para não causar problemas ou desconforto entre as mulheres.

O resultado foi muito positivo, posso dizer que saímos da sala com vontade de morar na Barbielândia (assim como quando éramos crianças), afinal tudo lá é perfeito e, a vida é muito mais fácil “profissionalmente”, você pode ser presidente, diplomata e/ou advogada, sem grandes dificuldades ou tendo um homem questionando se de fato você deveria estar nessa posição.

No final das contas, vale o hype, sim gostei muito, da expectativa até a realidade. Inclusive, vou ver de novo!

E você já garantiu seu ingresso para assistir ao fenômeno rosa?

Por aqui, apostamos que ele entrará para a lista dos indicados ao Oscar, nos resta esperar para saber em qual categoria, será que ele leva a estatueta para casa?

Leia também

1 comentário

Mayara Lorraine Ribeiro 26 de julho de 2023 - 21:04

Amei a resenha, me deixou ainda mais ansiosa pra poder assistir. É muito importante que o filme tenha trago pautas de muita importância, espero que essas pautas sejam hypadas quanto o filme em si.

Responder

Deixe um comentário

Leituras de 2023